telefone abtcp zambo +55 11 3874.2700   facebook zambo abtcp linked in zambo abtcp

seja um associado

banner rede inovacao 1768x810

  • Rede de Inovação ABTCP

    A Rede de Inovação ABTCP visa a unir diferentes elos da cadeia produtiva da indústria de base florestal para promover o desenvolvimento tecnológico por meio de projetos colaborativos com foco em inovações.

    Os projetos gerenciados pela REDE vão oferecer soluções tecnológicas para aumentar a competitividade do setor de celulose e papel; ampliar a lucratividade da indústria, pelo aumento da produtividade; reduzir custos; e melhorar a qualidade e desempenho das empresas, garantindo a sua sustentabilidade no mercado.

     Noticias

    Agosto 2018  - ABTCP Estrutura Rede de Inovação em prol da competitividade do setor

    Novembro 2018 - ABTCP lança Rede de Inovação e firma contrato com a EMBRAPII

    Dezembro 2018 - Rede de Inovação ABTCP - com a palavra os CEO's

    Fevereiro 2019 - Rede de Inovação segue evoluindo

    março 2019 - Rede de Inovação ABTCP inicia seu primeiro projeto


    Para participar dos projetos da REDE DE INOVAÇÃO ABTCP, as empresas precisam ser ASSOCIADAS à entidade. Mais infromações podem ser obtidas pelo email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou ligue: 11 - 3874-2709/2716

     

  • Comitê de Inovação

     Carlos Santos Divulgacao Klabi Carlos Augusto Soares do Amaral Santos - P&D Corporativo  -  7916 KLABIN LOGOS KLABIN ITEM2 LOGOS 01

     

    Steering commitee

     Franciso Razzolini Divulgao Kl  Francisco César Razzolini  - Diretor Executivo, Tecnologia e Celulose -  7916 KLABIN LOGOS KLABIN ITEM2 LOGOS 01

     

    foto Fernando Lellis  Fernando de Lellis Garcia Bertolucci - Diretor de Tecnologia e Inovação  - SZN.Logo Preferencial Vertical Positivo RGB 01 

     

  • ENERGIA

    ENERGIA

    • Madeira como substrato para manufatura aditiva;
    • Migração do combustível fóssil para o renovável;
    • Licor Negro: Alternativas que absorva todo o material quando ele não for mais uma fonte energética viável.

    INDÚSTRIA 4.0

    INDÚSTRIA 4.0

    • Robotização Oportunidades
    • Colheita
    • Sensoriamento
    • Operações remotas
    • Desoneração dos recursos humanos
    • Impressão 3D
    • Utilização da celulose como insumo, por exemplo, para a parte de polímeros
    • Possível Ameaça ao setor de embalagens
    • Inteligência Artificial
    • Redesenho da Indústria

    MATERIAIS

    MATERIAIS

    • Funcionalização da Celulose para utilizar com fins elétricos e eletrônicos;
    • Criação de meios possíveis para armazenar energia.

    MUDANÇAS CLIMÁTICAS

    MUDANÇAS CLIMÁTICAS

    • Impactos do clima nas florestas existentes;
    • Água - recurso limitado;
    • Reciclagem;
    • Efluentes.

  • Em breve.

  •  

               Desafio de Resíduos

    residuos

  • Em breve.

  • • Projeto Lignina:

    A investigação das diferentes aplicações e rotas de conversão biotecnológica da lignina oriundas dos processos de produção de papel e celulose está na fronteira do conhecimento técnico-científico da indústria florestal contemporânea. Nesse sentido, o projeto de avaliação da produção de químicos a partir de lignina via rotas biotecnológicas, realizado em parceria com o Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos do SENAI CETIQT, permitirá à ABTCP e seus membros a geração e obtenção de informações técnicas e econômicas inéditas para apoiar direcionamentos o direcionamento estratégico relativo aos caminhos para agregação de valor à essa macromolécula. Dentro do paradigma da biorrefinaria, tais explorações trazem consigo a oportunidade de desenvolvimento de processos e produtos pioneiros capazes de alavancar o posicionamento das desenvolvedoras no mercado.

    Logo curvas        7916 KLABIN LOGOS KLABIN ITEM2 LOGOS 01

    Projeto Modelagem – Biorrefinaria Florestal:

    As oportunidades acerca das biomassas lignocelulósicas em associação aos desenvolvimentos tecnológicos levaram ao surgimento dos conceitos Bioeconomia e Bio-based industry. Neste contexto, o Brasil se destaca por possuir disponibilidade de biomassa e estruturas industriais de base florestal competitivas a nível global. Unidades tradicionais de produção de celulose podem ser convertidas nas chamadas Biorrefinarias Florestais expandido seu portfólio de produtos e aumentado a sustentatibiliadde de suas operações. Entretanto, as incertezas associadas aos processos de inovação são inúmeras. Neste sentido, algumas empresas de celulose e papel, através da ABTCP, desenvolvem projetos com o Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos com o objetivo de compreender melhor as inúmeras opções de conversão de uma planta kraft em uma biorrefinaria florestal. Os pesquisadores do ISI Biossintéticos com o apoio de profissionais do setor estão realizando uma série simulações de processos de biorrefino e de uma planta kraft genérica em um software comercial (ASPEN Plus). Uma vez finalizadas as simulações será possível avaliar (considerando critérios técnicos, ecônomicos e ambientais) cenários de integração de processos de biorrefino com uma planta kraft e, portanto, identificar as opções mais promissoras.

    Logo curvas     Logo Andritz PNG     valmet forward 700x196